Como criar uma fanpage no Facebook: passo a passo

Você sabia que oito em cada 10 brasileiros têm perfil no Facebook? Foi o que o representante da empresa informou na sua palestra na Campus Party de janeiro de 2016. Então, não há dúvidas: sua empresa tem que ter uma página lá. Mas como faz?

Primeiros passos

Para começar a usar o Facebook para empresas, acesse a página facebook.com/page/create ou, no seu perfil, clique na opção “Criar página”, do lado esquerdo. Você vai chegar à página inicial e, nela, encontrar seis categorias de cadastro. Escolha aquela perfeita para você.

Escolhendo a categoria da fanpage

As seis opções que você tem são:

  • Negócio local ou lugar
  • Empresa, organização ou instituição
  • Marca ou produto
  • Artista, banda ou figura pública
  • Entretenimento
  • Causa ou comunidade

Cada uma vai trazer campos de informações específicos para o tipo de empresa. Por exemplo, uma fanpage de negócio local tem detalhes sobre horário de funcionamento, estacionamento e endereço. É interessante para restaurantes, lojas, escolas etc. Já uma fanpage de entretenimento é a melhor opção para um filme. Lá tem opções como quem são os roteiristas, que atores estão no filme e quando é o lançamento.

A escolha da categoria certa é fundamental para você poder deixar todas as suas informações necessárias de bandeja. Por isso, o que vai determinar qual é a melhor para você são justamente as subcategorias e as opções de cada tipo. Teste e, se você achar que escolheu a errada, o Facebook é camarada deixa que você mude mesmo depois de ter criado a página.

 

Um bom nome

Na hora de escolher o nome da sua fanpage, faça uma pesquisa. Se sua estratégia online vai além do Facebook, verifique se o nome que você escolheu está disponível em outras redes sociais também, como Instagram e Twitter. Você pode fazer essa busca no site knowem.com. Basta colocar o nome desejado e ele mostra se já existe em outros lugares. Assim, você escolhe para o Facebook um nome que você possa usar em outros sites também.

Outra etapa importante é pesquisar se, no Facebook, há outras páginas com o mesmo nome que a sua e do mesmo segmento. Use a caixa de pesquisa e veja se alguém já usa o nome e se esse alguém é um concorrente direto seu. Às vezes, empresas de mercados diferentes são homônimas, mas, se trabalharem no mesmo ramo, será um problema.

 

Leia as letrinhas miúdas

Hoje em dia, a gente costuma não dar atenção para termos de uso. O botão “Eu concordo” fica tão disponível lá no fim da janela e todos os seus amigos já usam aquela rede social mesmo… Ah, concordo. Mas nós somos ninjas precavidos e aconselhamos que você leia tudo, principalmente ao usar o Facebook para empresas.

Existem alguns termos de uso das páginas que precisam ser seguidos para você não ser bloqueado. Já pensou o trabalhão de criar e alimentar uma página e, de repente, ela sumir? Para não correr o risco, gaste um tempinho lendo as exigências dele. Algumas coisas são simples, como não usar pontuação (exclamação, ponto…) em excesso no nome da página. Mas outras exigem mais cautela, como não violar direitos de terceiros.

 

Criando a página

Depois de escolher o nome, a categoria e a subcategoria da fanpage no Facebook, você vai começar a preencher os campos de informações. O primeiro é “Sobre”. O espaço é limitado, 155 caracteres, mas é sua chance de fazer uma breve descrição da sua empresa. E essa descrição é importantíssima. Ela é usada pelo Facebook para identificar sua página quando alguém faz uma busca e, também, é o texto que aparece na página de resultados do Google. Por isso, foco: seja direto e use bem esse espacinho!

Depois, você configura sua foto de perfil. Ela deve ter 180 x 180 pixels para caber direitinho. Não use uma imagem menor, pois vai ficar com uma péssima resolução.

Outra opção é adicionar sua nova fanpage aos favoritos. O que isso significa? Quando você abrir sua página inicial do Facebook, a página da sua empresa vai aparecer no menu à esquerda e, assim, vai ser fácil acessá-la direto.

Mais um passo da configuração: determinar para quem o Facebook vai exibir sua página. Infelizmente, sem fazer anúncios pagos, o alcance orgânico das suas publicações atualmente é de menos de 10% do público. Ou seja, menos de 10% das pessoas vão receber suas atualizações. Por isso, é importante definir o seu público, para esse alcance selecionar s usuários mais interessantes para você. Você pode segmentar por:

  • Localização
  • Faixa etária
  • Gênero
  • Interesses*

* Para escolher interesses, você começa a digitar uma tag (por exemplo: culinária chinesa) e o site oferece sugestões de outras palavras relacionadas. O banco de dados dele é bom, mas não se baseie só nisso. Pense no seu público e no que ele gosta para criar essa lista e gerar mais engajamento no Facebook.

 

Um passeio pela página

Agora que você já viu como criar uma fanpage, está na hora de aprender a usá-la. Logo que você inicia sua página, o Facebook oferece uma apresentação dos itens. É um bom momento para aprender mais e, aqui, damos algumas dicas:

– Chamada para ação: Entre as opções, estão “Reservar agora”, “Ligue agora”, “Fale conosco”, “Comprar agora” e “Cadastre-se”. Dependendo do seu segmento, é uma forma de, assim que a pessoa entrar na fanpage, ela ver uma chamada que faz sentido para a sua empresa. É importante lembrar que a opção “Ligue agora”, só funciona para quem está usando a versão da rede social para dispositivos móveis. Logo que o usuário clica, o telefone faz a ligação.

– Guias: A partir do momento em que você criar seu primeiro post, vão aparecer itens logo abaixo da foto de capa. Você pode ordená-los da maneira que preferir, exceto a seção “Sobre”. Para isso, clique em: Mais – Gerenciar guias. Você pode colocar as fotos antes dos vídeos, ou as curtidas em primeiro lugar, como preferir.

– Sobre: Aproveite para preencher as informações complementares dessa seção. Por exemplo, a descrição longa. Nela, você já não tem o limite de 155 caracteres (ufa!) e pode contar mais sobre a sua empresa, descrever produtos e serviços, contar qual é sua missão e sua essência e o que mais precisar.

– Imagem de capa: A imagem de capa é importante, como a do perfil. Para adicionar, lembre-se de escolher uma foto grande, para que a resolução continue boa quando ela for colocada no espaço.

– Notificações: Sobre o que você quer que o Facebook avise? Comentários na página, curtidas? Lembre-se: se você optar por receber tudo e tiver o aplicativo do Facebook no seu celular, ele vai começar a apitar direto! Por isso, priorize os comentários, pois são os mais importantes para o engajamento no Facebook. O restante, você pode conferir quando tiver mais tempo.

 

– Informações: Essa aba administrativa só aparece depois que você começa a publicar. Ela mostra o alcance das suas postagens, as visualizações de página, horário de maior visualização e outros dados importantes para acompanhar seu desempenho. Além disso, você pode verificar o alcance de até cinco páginas concorrentes (quantas publicações na semana, envolvimento, quanto cresceu), comparando-se com elas e tirando ideias de como melhorar. Quase uma espionagem industrial.

– Configurações: As opções são muitas, mas logo na aba “Geral” já temos informações importantes.

  • Publicações do visitante: Você pode autorizar, impedir ou filtrar as publicações de visitantes na sua página. Isso é interessante em especial para páginas muito famosas, nas quais as pessoas aproveitam para fazer propaganda de produtos que não têm a ver com você. Nesse caso, é melhor não permitir as publicações e evitar esse problema.
  • Público do Feed de Notícias e visibilidade das publicações: Quando você ativa essa seleção, aparece uma nova opção na sua página de publicações. Sempre que você postar algo, vai poder delimitar seu público em potencial. É muito interessante para promoções, por exemplo, pois você pode escolher um grupo mais certeiro para receber a atualização (por exemplo, apenas mulheres no dia das mães). Assim, vai ter uma entrega orgânica mais direcionada sem pagar por anúncios. Ah, e uma dica importantíssima: também dá para restringir quem você não quer que veja a publicação!
  • Publicações com validade: Mais uma dica útil para promoções, pois você pode escolher uma data para a sua postagem deixar de aparecer. Se sua promoção vai até domingo, configure-a para desaparecer logo que chegar a segunda-feira. Para isso, ao lado do botão “Publicar” da postagem, clique na seta e, depois, em “Programar”. Então, ative a opção “”Interromper distribuição do Feed de Notícias”.
  • Taxa de resposta de mensagens: Esse dado é interessante para mostrar a atividade da página para os visitantes. As pessoas ficam sabendo em quanto tempo você vai responder suas mensagens. Você pode deixar que o Facebook calcule sozinho ou configurar um padrão em “Configurações – Mensagens – Tempo de resposta”. Fora do horário comercial, você tem como deixar programada uma mensagem de ausência. Ela funciona de acordo com o horário de funcionamento da empresa que você definiu e permite inclusive a personalização com o nome da pessoa que escreveu para você. Outra facilidade é ativar respostas instantâneas. Sabe aquelas dúvidas recorrentes sobre sua empresa? Deixe uma resposta padrão pronta e seja mais rápido!
  • Funções administrativas: Coloque mais pessoas para ajudarem na página e defina o cargo delas entre administrador, editor, moderador, anunciante e analista.
  • Ferramentas de publicação: Onde moram todas as suas publicações. As programadas, que já sumiram do feed, mas continuam ali. Os rascunhos, que você teve que interromper na hora de escrever, porém pode retomar. Os vídeos. Tudo. É também onde você acompanha o desempenho da postagem, o alcance, as curtidas, os comentários e os cliques.
  • Verificação de página: Sabe quando a página aparece com uma marquinha azul com um “v”? Isso confirma que ela é oficial daquilo que representa. Para verificar, você pode pedir uma ligação no telefone que cadastrou ou usar documentos enviados para o endereço informado. Páginas com verificação aparecem em posições melhores nos resultados de buscas, então vale a pena!

 

Tipos de post

Quando for escrever, escolha o tipo de post que mais vai ajudar a ter engajamento. Teste modelos diferentes e descubra o que funciona para o seu público. Geralmente, posts com fotos ganham mais comentários (o formato carrossel tem dado muito resultado para a gente aqui na agência). Mas não fique preso a isso. Experimente e descubra o que é melhor para você, não aceite verdades absolutas.

 

Amigos, amigos…

Logo que criamos uma página, a vontade é convidar todos nossos amigos e familiares para curtirem e fazerem volume, certo? Mas, e aí? Vale a pena?

Pense nas curtidas da sua fanpage como uma base de dados. É a partir dela que você vai estudar o comportamento do seu público. Será que amigos e familiares não vão prejudicar as métricas? O comportamento deles é diferente do comportamento dos seus clientes e pode confundir sua estratégia de divulgação. Pense no longo prazo, não se trata só de ganhar curtidas.

Porém, se quiser convidá-los, trabalhe um pouco na página antes, coloque postagens bacanas, vídeos, fotos e faça com que as pessoas sejam surpreendidas ao acessarem. Assim, elas vão curtir não só pela amizade, mas porque gostaram!

Dicas extras

– Sabia que você pode carregar um arquivo PDF na sua fanpage? Dependendo do segmento de negócios que você escolheu, essa opção aparece. É um ótimo lugar para colocar, por exemplo, o cardápio de um restaurante ou delivery. Aproveite tudo o que essa página tem a oferecer!

– Algumas categorias de página permitem, por exemplo, que você numere seus serviços logo no topo, antes de todas as publicações. É um visual diferente; e o que é inusitado sempre chama mais atenção do que a mesmice do Facebook.

– Nota: Na janela de publicação, escolha “Oferta, Evento +” e, depois, “Nota”. É como escrever um artigo dentro do Facebook, sem precisar redirecionar para outro site. Pode incluir foto (inclusive de capa) e outras formatações que o próprio Facebook indica, tudo ali, sem precisar sair da rede social.

Gostou das dicas? Quer ver todas mais explicadas, sem perder nenhum detalhe? Que bom! A líder do nosso clã Leandra Soares gravou três vídeos que vão te guiar nesse passo a passo para criar sua fanpage perfeita no Facebook. Assista ao primeiro:

Ajude seus amigos a também terem uma página profissional e compartilhe o texto e os vídeos com eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *